sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007

Terra de ninguém

O Equador é a linha de latitude zero, e os paralelos são circunferências paralelas ao Equador. Cada paralelo dista 111 km do paralelo seguinte.

A península coreana está dividida pelo Paralelo 38.
O Norte é ocupado pela República Popular Democrática da Coreia e o Sul pela República da Coreia. Enquanto que o primeiro vive num sistema comunista, isolado do resto do mundo, o outro, capitalista, é um dos países mais desenvolvidos do mundo em termos tecnológicos.

O Paralelo 38 separa dois sistemas económicos e políticos diferentes e duas realidades completamente distintas. De um lado as tecnologias mais modernas permitem aos seus habitantes estarem permanentemente em contacto com qualquer parte do mundo, do outro um regime ditatorial impede o acesso dos norte-coreanos aos meios de comunicação mais modernos e controla toda a informação que chega até eles.

A Coreia do Norte é uma consequência da Guerra-fria.O país surgiu no fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, quando a ocupação japonesa da península coreana deu lugar a duas áreas de influência com regimes separados: uma de ocupação soviética, acima do Paralelo 38, e outra controlada pelos Estados Unidos, abaixo dessa mesma latitude.
O Partido dos Trabalhadores da Coreia (PTC), exilado na União Soviética durante a ocupação japonesa, emergiu como poder político na parte
norte da Península Coreana. Com a ajuda das tropas soviéticas, o PTC instalou-se no poder sob o comando de Kim Il Sung, e a República Democrática do Povo da Coreia foi proclamada no dia 1 de Maio de 1948.

A paz manteve-se até 25 de Junho de 1950, quando a Coreia do Norte invadiu a Coreia do Sul, ou seja, o Paralelo 38 e deu início a uma grande guerra, envolvendo China e União Soviética de um lado e os EUA do outro.
Três anos e quatro milhões de mortos depoi
s, foi assinado um armistício, criando uma zona desmilitarizada entre os dois países, a também chamada terra de ninguém...



3 comentários:

Luaisa disse...

As coisas que tu sabes, e eu não.Fico a espera do próximo para aprender mais qualquer coisa*

Ricardo#7 disse...

Apesar dos paralelos serem equidistantes tenho a certeza que o Paralelo 38 se irá destacar pela diferença. Aos poucos vou enriquecendo a cultura graças a "escitores" como tu. Obrigado pela tua opção de partilha de conhecimentos espelhada neste blog.

Isabelita disse...

Sim sinhora!..Onde foste tu descobrir isto?:p Espero que continues a colocar aqui coisas assim, para que eu fique a saber coisas interessantes sem ter que procurar muito.:)
Beijão!*